Artistas

Nati Canto

Trabalhando atualmente com materiais da culinária, Nati Canto utiliza gelatinas, tapiocas, pães de massa morta e pigmentos naturais para criar objetos que se posicionam entre a pintura, a escultura e a instalação. Em diálogo com a arte brasileira, sua produção extrapola as técnicas tradicionais do campo artístico trazendo ao universo da arte contemporânea procedimentos gastronômicos. Sua pesquisa se volta à investigação do prazer, da memória, dos sentidos, suscitados tanto pelo ato de comer, pelo processo de assimilação da comida pelo corpo e sua evacuação, quanto pelas questões sobre permanência postas pela materialidade de suas obras. Nesse sentido, seus trabalhos procuram refletir a respeito da simbologia da alimentação, do processo digestivo no corpo e sobre os ciclos de vida e de morte. A artista foi selecionada para a 13a Bienal do Mercosul (2022), onde desenvolveu um projeto instalativo inédito. Entre suas recentes exposições coletivas notáveis estão: Annihilation (2023), no Snap Art Center, em Xangai, China; Misplaced Women (2022), no espaço Tütün Deposu em Istambul, Turquia; Vivemos para Isso (2022), no Ateliê 397; Gross Fictions (2017) na Galeria Lage Egal, Berlim, Alemanha; The Introductions Show (2017) na Tête Galeria, Berlim, Alemanha. 
Exposições
NONADA SSA • Pipoca18/01 a 13/04/24
NONADA ZN • Caos Primordial09/12/23 a 06/04/24